Velamar22
Velamar22
Principal
Notícias
Fórum
Fotos
Vídeos
Classificados e Tripulantes
Contato
Procurar
A Classe
Estatuto
Administração
Circulares
Atas
História da Praiana
Desenhos V22
Flotilha Rio
Flotilha Brasília
Regatas
Calendário
Av/Inst Regatas
Resultados
Ranking
Regulamento
Arquivo 2016
Arquivo 2015
Arquivo 2014
Arquivo 2013
Arquivo 2012
Arquivo 2011
Arquivo 2010
Arquivo 2009
Arquivo 2008
Arquivo 2007
RSS Velamar22
spacer
Flotilha cheia PDF Imprimir E-mail
Por Alexandre Accioly   
25 de março de 2014

Foto: Danilo Dagnino

Terceira de uma série de três regatas de duplas, previsão de vento na faixa dos 15 a 18 nós, um tal de liga para um para emprestar barco, liga pra outros pra compor tripula e assim a brincadeira prometia 10 barcos.

Definido o percurso Torre PCSF, DHN sul por BB, Preta por BB e Mª Teresa por BE, já estávamos com sinalização de largada quando ainda víamos o Marokau sofrendo para subir a grande, que acabou emperrada no meio do mastro.

Largada meio embolada, com todos praticamente juntos num través folgado em velocidade passando pelo fundeio dos clubes vizinhos e Praia de Icaraí. No afunilamento do contorno da ilha da Boa Viagem, Picareta sobe o balão, achamos que ainda era um pouco cedo pra subir o nosso, pois o vento a partir dali estava bem mais forte e ainda estávamos muito próximos de Vela e Mar, Baruk, Rocas, Ravena e Focus.

Quando começamos a preparar a subida do balão vimos o Picareta ficar sem o leme, muito próximo das pedras, assim retardamos o balão caso precisassem de auxílio. Aparentemente com Picareta retomando o governo do barco, tratamos de subir finalmente nosso balão, apesar de ainda nenhum outro barco ter arriscado o mesmo naquelas condições.

Decisão acertada, o Salina avançou rapidamente com balão encima e alongamos o bordo até o alinhamento da boia, sem arriscar um jibe.

Montamos DHN com uma boa folga dos demais e optamos por atravessar diretamente pro Rio, pois era o inicio da enchente e achamos que naquele momento a maré teria menos força lá dentro da Baía. Mais uma vez decisão acertada, os demais optaram por subir por Niterói ou pelo meio do canal, fomos sozinhos pelo Rio e montamos a Preta com mais folga ainda dos demais.

Daí, foi administrar a diferença até o final.

Churrasco no Clube, clima de camaradagem característico da Classe e a satisfação de uma deliciosa velejada entre amigos.

Abraço,


Alexandre
< Anterior   Próximo >

 

 

Advertisement

 

Copyright 2000 - 2005 Miro International Pty Ltd. All rights reserved.
Mambo é um Software Livre liberado sob a licença GNU/GPL.
Tradução e Suporte MamboBrasil.org
spacer